O RIO DO TEMPO

Eu e o tempo somos velhos conhecidos. Eu o vejo passar todas as manhãs pela janela do meu quarto. Um passar rápido, passos gigantescos na pressa de chegar no amanhã. Amanhã, o tempo passa debaixo da minha janela com passos largos, ignorando o tempo de ontem no ontem que vivi: cheiros, sabores,, sons, cores… Lateja minha alma cheia de dúvidas no hoje que ontem eram certezas. Amanhã o tempo passa… Passa esbarrando nas minhas sombras, ignorando meus tempos caminhados que me levaram a recolher-me dentro de mim. Dentro de mim dorme o espanto de vê-lo passar… A primavera se foi, o verão passou, estou no outono, logo chegarei no inverno. Dentro de mim  reside o espanto de ver as marcas do tempo nos vincos do rosto, nas cicatrizes do pensamento, nas pernas titubeantes atravessando o rio do tempo. Amanhã, outro tempo passante que voa nas asas do vento, olhando o mundo do alto de seus mistérios, de suas cores e de seus encantamentos . Amanhã, o tempo passará novamente e deixará no chão as marcas do tédio, a vaguidão impalpável de quem está a caminho da imprecisão. Agora a imortalidade ou daqui um tempo? O tempo não se deixa domesticar, a imprecisão de quanto tempo, também não. O tempo não se pacifica , ele nasceu para o essencial: passar o tempo para que  o amanhã possa emergir do ontem, é o tempo nascendo de si mesmo. O tempo passa, mas é eterno, eterno porque está sempre passando, andando, voando, exigindo uma lógica, para que essa suave incompreensão da continuação,continue abrindo e fechando os círculos da vida. O tempo não fica preso ao instante, quando o instante mal acaba outro vai surgindo em seu lugar. É o ciclo  do viver, do morrer. É o que me resta, o instante e a imprecisão do todo no nada, é a imprecisão do amanhã. Haverá tempo para eu ver o amanhã? O ontem… O hoje… Tão misteriosos como  o outro amanhã que  virá. Certamente…

3 pensamentos sobre “O RIO DO TEMPO

  1. eu adorei tudo que esta no seu boogle principalmente os temas que vc falou …os assuntos escritos amei….. um abraço

    • Andréia, agradeço muito avocê por este comentário, são pessoas como você que nos impulsionam a seguir em frente na luta por uma cidade que nos alegra os olhos e o coração, uma cidade onde as pessoas cuidem dela e a mantêm limpa, uma cidade com diversidades de cursos para que os que não têm condições de pagar tenham acesso a cursos gratuitos tendo as mesmas oportunidades de crescimento daqueles que podem sair e estudar em outras cidades. Uma cidade sem paixões políticas, mas sim com paixões pelas pessoas que podem fazer dela a ponte para travessias de unidade pessoal. A politicagem sempre atrapalhou nosso chão, nossa terra… E essa mentalidade precisa ser mudada urgentemente, porque Unaí está precisando de amparo… Beijos e continue me lendo. Obrigada ,Alda

    • Obrigado Andréia, só posso dizer que arrumei um belo de um trabalho para mim. Estou sem tempo para arrumar tempo para escrever e ler. Estou com dois livros em andamento, um de crônicas e outro de contos. Espero lançá-los o ano que vem se Deus me der saúde para tal. Fico feliz que vc tenha gostado dos meus escritos, vc também pode escrever um dia, leia, leia, leia….Beijos e obrigada, Alda

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s