CONSCIENCIARTE – ERA APENAS UM SONHO ?

 Por falar em dignidade humana… Eis que saí de casa para me envolver com a literatura na “Conscienciarte”. Iria me oferecer para ajudar naquilo que sei fazer: poemas, crônicas, e contos. Em lugar de alunos encontrei caixas cheias indicando que ali haviam colocado um ponto final. Fiquei pasma, foi como tivessem retirado de mim todo aprendizado de longos anos na vida… As caixas amontoadas naquele momento tinham um significado muito grande de mudança de olhar… Dentro da minha indignação fiz a pergunta que todos ou quase todos fazem: Por que os menos favorecidos são menos favorecidos em educação? A quem interessa o analfabetismo e o despreparo dos nossos jovens para uma vida melhor? A quem interessa a cegueira do nosso povo? Mas não vou aqui neste espaço e nem em outro, apontar dedos, procurar culpados. Quero na verdade aproveitar este espaço para desabafar:

 “que país é este?”

– Que nos arranca da estrada e nos joga no lamaçal de impossibilidades?

– Que país é este que permite tantos desmandos?

-Que país é este que se diz que o futuro já chegou e retrocede na educação dos menos favorecidos?

– Que país é este que retira o aprendizado do seu povo mais o presenteia com esmolas para que seu povo fique na eterna dependência de um governo paternalista?

-Que país é este que se acha no direito de matar os sonhos de seus filhos?

-Que país é este que os ignorantes são premiados com votos?

-Que país é este que tira de seus filhos a alegria de viver?

-Que país é este onde o falar tem toque de silenciar?

Que país é este:

– Que fecha as portas para educação;

-Que não prioriza a cultura;

-Que empurram do penhasco os menos favorecidos;

-Que dá direitos humanos para criminosos e deveres ilimitados para cidadãos honestos;

-Que dá anistia para corruptos e desonestos;

-Que país é este que estamos com medo de viver nele?

-Estamos na América do Sul,

-No Brasil,

-Em Minas Gerais,

-Estamos no cerrado do noroeste mineiro

-Em Unai, minha terra, meu chão!

                                                                ALDA ALVES BARBOSA

 

4 pensamentos sobre “CONSCIENCIARTE – ERA APENAS UM SONHO ?

  1. Olá querida! Como sempre, escrevendo verdades, há muito o conscientearte é só o nome, pois nas ferias do ano passado Danielle esteve lá, tambem com o proposito de ajudar, e saiu de lá como você, pasma e indignada! Que país é esse, e porque não dizer que Unai é esse? Que não abre as portas para os menos favorecido, que não valoriza a cultura, que não procura crescer, desenvolver da maneira correta, que não valoriza o artesanato, o meio ambiente, enfim que voltou pra época do coronelismo, e que olha e cuida somente dos mais favorecidos . Desculpa o desabafo! Sou de Unai, amo minha terra mas me indigno com a minoria que se diz dona do poder e mandam e desmandam sem dar-nos a chance de viver em nossa terra natal! Pois qum tem voz e vez são pessoas que não são do lugar, que chegam e se tornam os maiorais.
    Bjos…

    • Pois é Solange, isto tudo aconteceu dia 22/11/2010. Assustei muito, pois estava com idéias para agregar aos trabalhos deles. Até um grupo de teatro eu já ia contactar para integrá-los a esse meio tão desconhecidos para eles. Na verdade Solange, chorei, engasguei e a moça que me atendeu chorou também. Prometi a mim mesmo ajudar no recomeço, pois quem determinou o fechamento por falta de verbas, não sei quem foi, disse que em fevereiro voltará a funcionar. Quero acreditar, como eu já disse antes, Senhor, derrame Sua imensa misericórdia sobre nós, só o Senhor pode mudar tudo, não deixa Ó Deus que saia do nosso chão os benefícios que dão sustentação aos menos favorecidos, neste país de contradições, neste estado de desigualdades entre o norte e o resto dele, e em nosso cerrado, onde as nossas crianças disputam o lixo com os urubus, tudo que podia mudar a situação é retirado, mas felizmente temos pessoas , tomo a liberdade de citar Ildeu, as freirinhas, o Centro Espírita do Senhor Natal e muitas outras entidades doam seu tempo fazendo efetivamente o que todo cristão verdadeiro faz, estender suas mãos ao outro. E acredito mesmo que outras mãos serão estendidas para não deixarem seus semelhantes perderem o que é a sua essência: DIGNIDADE. Um grande abraço e quando você retornar ao cerrado, sei que poderemos fazer muitas coisas juntas em prol de um país mais honesto, um estado mais igual e uma chão para que todos possam pisar deixando suas marcas de povo feliz delineada neste chão que é de todos que moram aqui, sim, somos os donos desta terra, nós os habitantes dela. Beijos Alda

  2. Estamos em UNAI uma parte isolada no mapa do BRASIL com leis proprias. Estamos numa coreia ou será que num iraque?
    INFORMAÇOES IMPOSTA, FORÇADA, MAQUIADA, MIDIA COMPRADA POVO ENGANADO, LUDIBRIADO;

    • José, entendo perfeitamente a sua indignação e, em minha crônica, eu exponho toda a minha insatisfação com relação a mais uma porta que se fecha para nós brasileiros, falo em Brasil porque pertencemos a esta nação de povo sofrido, de desigualdades sociais e econômicas. Talvez eu devesse falar em Brasis, porque aí sim, as diferenças entre tantos chãos, dentro de um mesmo chão são gritantes. Vivemos no terceiro mundo onde o analfabetismo impera, onde a cegueira. o conformismo tendem a crescer pela ignorância e receio das conseguências do grito. Mas acredite, ainda existem pessoas como vc que ainda conseguem indignar e são essas pessoas que acendem o grito e a luta por uma vida digna para nós brasileiros, tão infantilizados , tão permissivos em seus olhares embaciados pela ignorância. Um grande abraço. Alda

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s