RENASCIMENTO

Despertei.
Pela janela vi você
Meu chão.
Vi sua nova juventude
Iluminando o novo sertão,
Cuidando das queimaduras e
Das cicatrizes do inferno passado.
Bem-vinda nova gente,
Florida juventude
Dos recentes ontens
E dos agoras.
Com as mãos cheias de
Flores e sementes
Plantaram o novo humano.
O chão tremeu
A escravidão morreu,
Perdoei o passado
Vi a vida neste chão
Nascer.

Alda Alves Barbosa

4 pensamentos sobre “RENASCIMENTO

  1. Oi Alda, boa tarde, que lindo canto ao seu chão.Ficou demais.naí se orgulha de uma filha tão apaixonada, um abraçao, fica com Deus.

    • Olá, sabe Glorinha, não sei se orgulham não, porque não sou omissa, porque falo, não pertenço a sistema nenhum. Amo a minha terra e luto pelo melhor para ela e seu povo. Quando levam para o lado pessoal fico triste, não falo das pessoas, falo do meu chão abandonado. E cuidar dele, é dever nosso e de quem elegemos.
      Com carinho

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s