6 pensamentos sobre “DOAÇÃO – Poemeto

  1. Oi Alda, o cerrado está colorido de florzinhas vermelhas, amarelas e branças, em meio a tanta queimada, essas belezas se fazem belas, estive em Bsb, este fim de semaana, e voltei com um pouc de tristeza de ver como o cerrado tá triste, com muita fumaça, os pequizeiros estão floridos, só eles mesmo.Seu poemeto ficou colorido de emoçoes, abraços, fica com Deus.

    • Glorinha, veja, neste sol tórrido e o cerrado ainda floresce pobremente… Talvez seja por isto que nós do sertão , entortamos mas não quebramos.Muito pelo contrário,ainda arrumamos forças, talvez da terra vermelha energizada, para lutarmos pela conservação deste tipo de vergetação onde brotam nascentes de rios tão grandiosos, riachos, córregos… É de uma beluzura só.Cerrado forte, gente forte, este é o DNA do nosso sertão, herança bendita!
      Com carinho

  2. Parabéns Alda. Belíssimos versos sobre nosso cerrado encantador e que chama a atenção por seu colorido peculiar.

  3. Oi Adriano,
    Cerrado bonito sim, mas está acabando. Precisa urgentemente ser replantado, cuidado; tudo nele está pouco, ou quase nada. Ainda vemos algum colorido aqui, acolá, mas admito que já o vi chorando pelas ausências da fauna, da flora… Ele clama por cuidados urgentes.
    Com carinho,

  4. Que lindos poemas Alda,

    Parabéns por exaltar nosso cerrado em versos tão belos! Sou amante da poesia e admiro quem tem esse dom, porque tem o poder de por alegria e beleza aonde muita gente não percebe a riqueza existente. Vou lhe enviar um pequeno poema que fiz sobre o cerrado.

    O Matuto

    Sou matuto, sou caipira,
    Nascido no meio do mato,
    Meu berço é o cerrado,
    cheio flores e capim e capim baixo

    Minha banheira é o riacho
    Que serpenteia sobre a relva,
    Entre vales e colinas
    Levando água e refrescando a terra.

    Ricardo S.

    • Ricardo, fico feliz quando encontro alguém que ama e se importa com o cerrado. Na verdade a devastação dele me preocupa muito e me causa uma certa irritação pela irresponsabilidade com que tratamos a nossa fonte de vida. Adorei seu poema, posso publicá-lo aqui no site? Agradeço o seu comentário. Obrigada pela visita!

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s