“FICAR NA SUA” NÃO É A MELHOR OPÇÃO

Nos dias altamente estressantes em que se vive, o silêncio deve ser compreendido como um direito do cidadão, diferentemente do que vem ocorrendo em Unaí e quase que na totalidade do nosso país. A poluição sonora é o mal que atinge os habitantes das cidades, constituída em ruído capaz de produzir incômodo ao bem-estar ou malefícios à saúde, cujo agravamento merece hoje atenção especial dos profissionais de direito. É importante esclarecer que a poluição sonora não é, ao contrário do que pode parecer numa primeira análise, um mero problema de desconforto acústico. A total ausência de respeito com as pessoas deste nosso chão passou a constituir um problema ambiental e, iminentemente, uma preocupação com a saúde pública. Trata-se de fato comprovado pela ciência médica os malefícios que o barulho causam à saúde, sendo que os ruídos excessivos provocam perturbação da saúde mental, além de danos na audição. Além do que poluição sonora ofende o meio ambiente e, consequentemente afeta o interesse difuso e coletivo, à medida que os níveis excessivos de sons e ruídos causam deterioração na qualidade de vida, na relação entre as pessoas, sobretudo quando acima dos limites suportáveis pelo ouvido humano ou prejudiciais ao repouso NOTURNO e ao sossego público. Diante de tantas consequências deixo aqui algumas perguntas e, sinceramente, gostaria de respostas:
– Alguém já percebeu a situação caótica que nós unaienses nos encontramos devido à falta de limite e de educação dos nossos jovens e até dos adultos?
– Sabia que nestas chamadas “Lojas de conveniências” não ficam apenas jovens que ainda pretendem, não sei quando, ter uma profissão? Ali também estão advogados e muita gente cheia de “respeitabilidade” ajudando a adoecer o nosso povo, desrespeitando as leis ! …O que dizer daquele que deveria respeitar e não respeita ? Em momento nenhum excluo as mulheres respeitáveis também, ali estão elas desrespeitando tudo e todos.
– Sabia que ali, além dos gritos, das batucadas, das bebedeiras, do (Tum-Tum-Tum) das chamadas músicas, também fazem sexo em plena rua?
– Sabia que nas madrugadas, menores de idade, estão bêbados, drogados… Eu disse menores de idade!
– Sabia que a maioria as população de Unaí está indignada com o que está acontecendo nas noites unaienses?
-Sabia que não sabemos a quem recorrer para que noturnamente tenhamos paz ?
-Sabia que aqui em nossa cidade há muitos “alis” . Muitos “alis” ! Sabem em qual ali seu filho está? E refém de quê e de quem?
Eu de cá sei de quem estou refém: Dos pais ausentes, refém do descumprimento das leis ; refém da ausência de autoridades para solucionar este problema social ; refém de um sistema pouco convencional ; refém do excesso de tolerância e refém da certeza do continuísmo ! E tudo isso pelas ausências… Até quando?

Alda Alves Barbosa

2 pensamentos sobre ““FICAR NA SUA” NÃO É A MELHOR OPÇÃO

  1. Oi Alda,louvo a sua reiterada e constante preocupação, mas o canal competemte chama-se Ministério Público, Promotor de Justiça.
    Abraço.
    Orlando-DF

    • Olá Orlando,
      Foi o que o policial me falou ontem. A situação anda tão negra que até o policial teve que ir ao ministério público resolver um situação que acontecia ao lado da residência dele! Conhece aquela música[…] a coisa aqui tá preta? Então, não só neste sentido, o abandono é gritante!… Só Deus mesmo. Amanhã farei o ofício para entregar na promotoria. Obrigada
      Abração

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s