Lamento

Quando criança
Morei em casa de taipa
Coberta de sapê,
Chão batido pra pisar
Fogão à lenha pra cozer,
No fundo da casa um riozinho
Que me dava água pra beber.
***
O ar era puro, a fome de doer
Tempos difíceis vividos na
Minha infância, jamais vou
Esquecer!…
***
Mas tudo era um paraíso,
Nas noites de lua cheia
O terreiro todo clareava,
No céu milhões de estrelas
Com nossas brincadeiras
Piscavam.

Gilson Miranda

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s