HEITOR VILLA LOBOS – CONHEÇA SUA VIDA

O maestro e compositor carioca Heitor Villa-Lobos, morto em 17 de novembro de 1959, completaria ontem, dia 05 de fevereiro de 2012 125 anos. Um dos principais expoentes da música erudita no Brasil, Villa-Lobos foi responsável por reformular alguns de seus conceitos tradicionais, incorporando-lhe elementos de canções folclóricas e indígenas. Inspirado pela música que ouviu em viagens feitas pelo interior do nordeste brasileiro entre 1905 e 1912, como o repente e as cantigas de roda, compôs obras que enalteciam o espírito nacionalista, rompendo com a música acadêmica do Brasil. Exemplo dessa inspiração é a coletânea de canções folclóricas destinada à educação musical nas escolas públicas brasileiras. Entre as composições de Villa-Lobos estão Uirapuru, Bachianas brasileiras, Odísséia de uma Raça, Fantasia para Violoncelo e Orquestra, Lenda do Caboclo, Fantasia Desconcertante, Serestas e a Menina das Nuvens. Villa-Lobos recebeu inúmeros prêmios e homenagens durante sua vida e depois de sua morte, entre os mais importantes está o de Doutor Honoris Causas da Universidade de Nova Iorque e de fundador e primeiro presidente da Academia Brasileira de Música. Em 1986, Heitor Villa-Lobos teve sua efígie impressa nas notas de quinhentos cruzados.
Sendo considerado o maior expoente da música do modernismo no Brasil compondo obras que enaltecem o espírito nacionalista, fez bom uso de suas origens para divulgar sua própria obra.

Alda Alves Barbosa
Pesquisa feita no portal bargarai.com.br

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s