Poesia não tem valor no mercado, diz Ferreira Gullar no interior de SP

Ferreira Gullar citou influência de Carlos Drummond de Andrade em sua poesia (Foto: Rodolfo Tiengo/ G1)

Para um encontro sobre poesia, Ferreira Gullar começou afiado sobre o próprio ofício: “Poesia não está valendo nada no mercado”, disse o maranhense de 81 anos, durante conferência na Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto (SP) nesta quarta-feira (30). Porém a frase logo foi completada, para ficar claro que se tratava de uma ironia: “Mas tem muita coisa no mercado que não vale nada”, afirmou o autor do polêmico “Poema Sujo”, escrito durante exílio na Argentina em 1976, dentre outras obras, como “Barulhos” (1987) e o ensaio “Teoria do não-objeto” (1959). Nessa mistura de sarcasmo e metáfora, o jornalista relembrou passagens da juventude que influenciaram sua arte, sobretudo a incursão na obra de Carlos Drummond de Andrade. Ao ler poemas “estranhos” do modernista contidos no livro “Poesia Até Agora”, Gullar deixou de lado, ainda jovem, os sonetos praticados por influência de portugueses como Luís Vaz de Camões e Bocage. Estes, segundo ele, faziam parte de um mundo ideal, enquanto Drummond era a manifestação de uma poesia sobre a realidade. “Fui obrigado a reinventar a minha linguagem, sem rima e sem métrica”, disse, sobre o momento em que, aos 20 anos, abandonou o modo parnasiano com que produzia seus textos. “A poesia era uma coisa nova, era de espanto.”

“Macondo” Durante o encontro em Ribeirão, Ferreira Gullar comparou a São Luis (MA) de sua infância com a lendária Macondo, cidade narrada pelo colombiano Gabriel García Márquez no clássico “Cem Anos de Solidão”. “Eu nasci onde tudo acontece cem anos atrasado”, afirmou, a respeito da lentidão com que as tendências artísticas, sobretudo o modernismo, chegavam à capital do Maranhão na época. “Quando me meti com poesia, o movimento de 1922 passava longe de lá.”

Rodolfo Tiengo – Do G1 – Ribeirão e Franca

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s