DESEJO

No silêncio da noite debruço-me na janela rústica e observo o céu. Estrelas recém-nascidas brilham intensamente. Algumas, tão antigas ainda insistem em brilhar timidamente no escuro tumular… Longe está você! … Talvez seja por isto que o brilho estrelar me fascina. Ela me lembra a necessidade que tenho de você. Quanta coisa está segredada nesta imensidão! Preciso da sua presença em mim. Olho para o alto e vagueio a espera que você se descubra me amando. Somos eternos aprendizes, juntos aprenderemos a não partir. Teceremos laços para construirmos nossos céus libertos de toda blindagem humana. Sem nos roubarmos, cederemos sem deixarmos de sermos nós mesmos. Aprenderemos a ser o que somos. Eu saberei que sou; você descobrirá você. Com tantas diferenças nos tornaremos iguais no desejo de viver nosso céu construído com o suor da cumplicidade. Construiremos-nos… Não desistiremos… Seremos estrelas… Residiremos em de cada minúsculo ponto brilhante do universo criado por nós.

Alda Alves Barbosa

2 pensamentos sobre “DESEJO

  1. É isto Bárbara Bela, é a necessidate que nós temos de ter alguém para viver a vida conosco, sem deixarmos de sermos nós. Porque em meio a tantas necessidades humanos a maior delas é a liberdade. O outro nos ajuda a caminhar e nós somos o outro na vida dele també, . As necessidades são as mesmas: a de amar e de ser livre.
    Beijos minha linda! Alguma poesia aí?

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s