Pintores Portugueses do Século XX

Fernando Azevedo

 - A Asa de Ícaro, Museu Municipal de Amarante Amadeo Souza Cardoso

– A Asa de Ícaro, Museu Municipal de Amarante Amadeo Souza Cardoso

Pintor e crítico de arte português, de nome completo José Fernando Neves de Azevedo, nascido em 1923, em Vila Novade Gaia, foi cofundador do Grupo Surrealista de Lisboa (1947-1951). Começou por pintar dentro das orientações do Surrealismo, evoluindo progressivamente para o Abstracionismo .
Cumplicidade é uma palavra que muitos usam para se referir ao homem que foi também director do Serviço de Belas Artes da Fundação Calouste Gulbenkian. A pintora Graça Morais conta que “a primeira exposição que fiz na Sociedade Nacional de Belas Artes, em 1980, foi o Fernando Azevedo que foi ao meu atelier e que viu os desenhos que eu tinha lá e muito calado e eu muito tímida decidiu chamar à exposição «O rosto e os frutos»”. Também o pintor e artista plástico José de Guimarães se refere a Fernando Azevedo como um responsável dos seus primeiros passos: “conheci o Fernando no início da minha vida artística. Foi muito importante ouvi-lo. Sempre que me propunha fazer uma exposição onde quer que fosse pedia-lhe a opinião, conselhos. Eu tinha ali um professor e um mestre”.
Fernando Azevedo foi em 1976 designado para o primeiro Conselho Nacional da Cultura criado pelo então Secretário de Estado da Cultura David Mourão-Ferreira; esteve por de trás da comissão de organizou o museu Nacional de Arte Moderna do porto, hoje Casa de Serralves; mas nenhuma destas actividades o fez deixar a sua outra paixão, a pintura. O trabalho artístico de Azevedo é também mostrado na exposição “Fernando Azevedo e os outros” também patente na Sociedade Nacional de Belas Artes. A mostra, comissariada pela filha pelo artista plástico António Viana apresenta um núcleo de obras do pintor e alguns documentos inéditos. Estas duas exposições agora abertas ao público antecedem uma grande retrospectiva da obra de Fernando Azevedo que será realizada em 2013 na Fundação Calouste Gulbenkian.
José Fernando Neves de Azevedo faleceu em Lisboa no de 2002 .

Galeria

 

Entrevelas

Entrevelas

Ocultação, 1949, tinta-da-china sobre imagem impressa

Ocultação, 1949, tinta-da-china sobre imagem impressa

 A cigarreira breve, 1986, colagem

A cigarreira breve, 1986, colagem

2 pensamentos sobre “Pintores Portugueses do Século XX

  1. A Pintura que tem um “sorriso”e diz Palácio Galveis é da autoria do Pintor Luis Dourdil(meu pai) e é um pastel s/papel de Alfama. Gostaria pois de ver rectificado.
    Luis Fernando Dourdil Dinis
    (Filho do pintor e detentor dos direitos)

  2. Prezado senhor,

    Realmente nos equivocamos quanto à serigrafia postada. Agradecemos a informação e como pode perceber, retiramos a serigrafia do Pintor Luis Dourdil. Pedimos desculpas pelo engano e nos comprometemos, logo que retornarmos das férias, publicar a vida e obra do pintor Luis Dourdil (seu pai). Uma forma justa de falar sobre alguem que foi e é importante na arte portuguesa.

    Obrigada

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s