Cantinho Poético

MAL DE QUEM AMA

Mais uma vez essa minha carência
corrosiva e inoxidável
e me salva da perdição da tristeza,
ajuda-me a ser gente conformada.
Não! Conformada não, satisfeita.
cura meu descontentamento
e preenche o meu vazio
com o alimento que só tu tens.
Sacia minha saudade
e devolve meu sorriso pro meu rosto.
É tao pequeno pra você,
diz-me: oi meu querido
e refaço-me!

Wendel Valadares

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s