Simplicidade

 

Às vezes a poesia
É apenas o olhar criança
Que dança no descanso
Das palavras.

Às vezes a poesia
É apenas a chuva
Lavando a palidez
Das palavras que
Desabrocham em rimas.

Às vezes a poesia
É apenas o encanto pelo desencanto!
Lágrimas… Espaços distantes!…

Alda Alves Barbosa

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s