cesto

RENASCIMENTO

Quebrei-me em pedaços;
sina de pedra!

Ainda assim,

consegui me livrar.
Das cinzas renasci como Fênix.
Hoje, sou pássaro,
que pousa quando tem sede
e logo se põe a voar,
desafiar horizontes,
meu único destino.

As árvores me servem de abrigo,
o sol, a lua e as estrelas
me acompanham…

Mas eu permaneço só!
Alterei meu destino de pedra,

e hoje sigo a rota dos ventos…
Gosto pela liberdade!
Morri pedra para renascer pássaro,

mais bela, e não mais em pedaços.

Lucilaine de Fátima

(Do livro: O AVESSO DO SER – página 50)

Página do livro no facebook: http://www.facebook.com/pages/O-AVESSO-DO-SER/269037799794665?fref=ts

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s