Pêndulo

 

cronicas-da-dani

As bobagens da Tv não agradariam mais  e sequer trariam algum entretenimento. Acordou e pensou que seria a falta de luminosidade da casa que traria aquela sensação…Foi para a varanda onde ficou sentada ao sol até umas 09:00 horas da manhã. Admirou o  verde da grama, o pé de acerola e a goiabeira que majestosamente se curvava para sua casa, mas que na realidade estava  no terreno ao lado. O sobrado depois do terreno parecia ter algo diferente e imaginaria o cheiro do café coado lá. Foi grata naquele instante por sua vida e por todos que havia encontrado no caminho até o momento. Entrou na casa pouco iluminada e novamente se sentia presa naquela teia de conformismo com relação a sua própria vida. Mais tarde seu irmão lhe mandou a seguinte mensagem: estou aqui bebendo um vinho e ouvindo Elis, e foi impossível não lembrar de você nesse momento. Ao ler aquilo chorou, sentiu aperto no coração (sinal de que estava viva)! Pensava que sua figura seria boa aos olhos de outra pessoa (mesmo que fosse  o próprio irmão). Já era noite e agora a falta de luminosidade não faria diferença. Dormiu profundamente… se refugiar nos sonhos fazia parte da própria inércia. No outro dia ao sair pra trabalhar, percebeu as nuvens de um céu que parecia ser pintado a mão. Sentia culpa por toda aquela inércia. Odiava auto piedade, mas amava se responsabilizar e se martirizar até por pequenos deslizes sem fundamento. Queria mesmo se isolar do restante do mundo, pois parecia não encontrar com muita freqüência pessoas que fizessem seu olhar brilhar com alguma palavra dita. A casa no campo, os discos, livros e folhas em branco pareciam ser suficientes.  Amava cabelos longos e cacheados. Como já não tinha aqueles cachos mais, havia decidido: semana que vem cortaria os cabelos.

Ela só queria encontrar alguém que lhe  perguntasse a lá Alceu Valença:

– O que é que houve, meu amor, você cortou os seus cabelos?

Responderia emocionada:

– Foi a tesoura do desejo, desejo mesmo de mudar…

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s