Vida dos Insetos – Vaga-lumes

23out2012---dezenas-de-borboletas-monarcas-danaus-plexippus-se-amontoam-no-tronco-de-uma-arvore-do-santuario-chincua-serra-no-mexico-entre-outubro-e-marco-cerca-de-1-bilhao-dos-insetos-saem-dos-1351019531407_956x5

firefly-pics2

     O Vaga-lume, também conhecido como pirilampo, é um inseto muito conhecido pela produção e emissão de luz.

     A luz dos vaga-lumes ocorre em função da presença da luciferina, que são pigmentos responsáveis pela bioluminescência (emissão de luz por alguns animais).

     A parte iluminada, geralmente na cor verde florescente, dos vaga-lumes fica na parte inferior da região abdominal.

     Estes insetos possuem, de acordo com a espécie, de 1 a 3 centímetros em média de comprimento.

     Possuem uma coloração que vai do amarelo claro ao marrom escuto. Algumas espécies possuem faixas pretas no corpo.

    Os vaga-lumes da espécie dos elaterídeos emitem faixos de luz de aproximadamente um metro de diâmetro. Voam acima das copas das árvores. O acasalamento ocorre na fase do verão, período que ficam mais ativos. Os vaga-lumes adultos vivem somente no verão.

     Os vaga-lumes alimentam-se, principalmente, de lesmas e caramujos.

     Os vaga-lumes podem viver de 1 a 3 anos.

     As fêmeas dos vaga-lumes botam os ovos em árvores apodrecidas.

   Embora encontrados algumas vezes nas cidades, o habitat dos vaga-lumes são as matas e florestas úmidas, campos e cerrados. Gostam também de brejos e regiões alagadas.

91510e30211eb7fde5355e3bf4c3c27b

Como é produzida a luz do vaga-lume?

     A luz é produzida pelo organismo do inseto com uma reação bioquímica que libera muita energia.

     O processo chamado de “oxidação biológica”, permite que a energia química seja convertida em energia luminosa sem a produção de calor, por isso é chamada de luz fria.

As luzes têm diferentes cores, pois variam de espécie para espécie e nos insetos adultos facilitam a atração sexual. Os lampejos equivalem ao início do namoro: são códigos para atrair o sexo oposto.

Mas a luminescência também pode ser usada como instrumento de defesa ou para atrair a caça.

Ameaça aos vaga-lumes

Um problema que ameaça os vaga-lumes é a iluminação artificial, que por ser mais forte, anula a bioluminescência, podendo interferir diretamente no processo de reprodução da espécie que podem sofrer perigo de extinção.

Galeria:

Referências:

http://www.suapesquisa.com/mundoanimal/vaga-lume.htm

http://educar.sc.usp.br/licenciatura/98/keila.html

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s