Além das lembranças

1174539_511010362310851_1386505678_n
Houve uma noite
Um caminho de partida
Um horizonte

Houve uma noite
De águas sonolentas
Minha memória se acende

Ressurge o sol, a lua, as estrelas
Cresce para baixo as velhas
raízes da mangueira

No escuro te vejo
Abraço-te insatisfeita,
Vejo muros, ruas desconhecidas
Jardins visitados e já inexistêntes
Cidades secretas… amor de adeus

O retorno ao dia, às prisões
Um martírio derramando desejo
Clamor orgástico ecoando na
calada da noite.

Tudo que foi teu renascerá
num lodaçal da última noite
Para além das lembranças
Para além da vida.

Alda Alves Barbosa

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s