Retalhos de Minas – Chapada Gaúcha

Retalhos

Chapada Gaúcha

História

O município de Chapada Gaúcha, antiga Vila dos Gaúchos, teve seu início de povoamento no ano de 1976, quando chegaram os primeiros moradores oriundos do Rio Grande do Sul, pelo projeto PADSA – Projeto de Assentamento Dirigido à Serra das Araras, que integrava os municípios de Formoso, Arinos, Januária e São Francisco. E o povoado de Vila dos Gaúchos, No ano de 1994, houve plebiscito na Vila dos Gaúchos, para escolha do nome do novo Distrito, os nomes mais votados foram: Novo Horizonte, Chapada Gaúcha e Serra Gaúcha, como já tinham outros Distritos com a denominação Novo Horizonte, automaticamente prevaleceu o segundo: Chapada Gaúcha. Neste mesmo ano, a Câmara Municipal de São Francisco aprovou a Lei nº 1523 de 19 de dezembro de 1994 criando o novo Distrito de Chapada Gaúcha, tendo seu território desmembrado do Distrito remanescente de Serra das Araras. Em 28 de Janeiro de 1995, foi instalado o Distrito de Chapada Gaúcha, na antiga Vila dos Gaúchos; neste mesmo ano, começou o processo de emancipação do novo distrito.

Ocorrendo um fato inédito no Estado de Minas Gerais, pois foi o único povoado que virou Distrito e Município no mesmo ano, criado pela Lei 12.030 de  21 de dezembro de 1995, onde houve a junção dos Distritos de Chapada Gaúcha e Serra das Araras e criando o mais novo município do Grande Sertão Veredas (CHAPADA GAÚCHA) e tendo o Distrito de Serra das Araras como Distrito, em 1996 aconteceu a primeira eleição municipal e em 1º de Janeiro de 1997 instalou-se a primeira administração.

A partir da promulgação da Lei Orgânica, que ocorreu em 07 de novembro de 1997, estabeleceu-se 25 de Julho para se comemorar o aniversário do município, por ser dia do agricultor (colono/trabalhador rural) e dia do motorista, devido ao município ser essencialmente agrícola.

Veredas:  A própria moeda

Chapada Gaúcha

Em quase todo o comércio da pequena Chapada Gaúcha, município de 11 mil habitantes, adesivos informam aos clientes que as compras podem ser pagas com Veredas. A curiosa opção de pagamento, que causa estranhamento aos turistas desavisados, é a nova aposta da comunidade chapadense para alavancar o desenvolvimento econômico local.

Criada pela Agência de Desenvolvimento Integrado e Sustentável de Chapada Gaúcha (Adisc), em parceria com a Fundação Banco do Brasil e o Instituto Palmas e apoio do SEBRAE-MG, a Vereda é a primeira moeda social implementada em Minas Gerais. Ela foi instituída em julho de 2009 com o propósito de assegurar que o dinheiro de Chapada Gaúcha circule na própria cidade, já que seu uso é restrito aos moradores da localidade.

Chapada Gaúcha

A lógica do projeto é simples. “Sem comércio diversificado e agências bancárias, as pessoas precisavam se deslocar até os municípios vizinhos para buscar dinheiro e realizar suas compras.

Com validade apenas no município, as Veredas são indexadas e rastreadas em reais. Significa que para cada Vereda emitida, um real é depositado no caixa do recém-instalado Banco Comunitário Chapadense, instituição que administra os recursos e funciona como correspondente do Banco do Brasil na cidade.

Dessa forma, o cidadão pode efetuar a troca quando quiser, pois sempre haverá a quantidade equivalente de reais disponível.

Grande Sertão Veredas

Chapada Gaúcha

Parque Nacional fica fica ao lado da cidade de Chapada Gaúcha. O nome do parque, homenagem a Guimarães Rosa, não poderia ser mais justo: um enorme sertão, um verdadeiro “mar de cerrado”, todo entrecortado de veredas.

Este parque de quase 230 mil hectares fica dividido entre Minas e Bahia. Com pouco mais de 20 anos, ainda luta para se estruturar, acertar a questão da posse de terra e oferecer alguma infraestrutura ao turista.

O povo de Chapada Gaúcha, tem o orgulho de ser o município que mais cresce no Estado de Minas Gerais e de ser o maior produtor de sementes de capim do país, de ter o maior Parque Nacional da região do Cerrado (Grande Sertão Veredas), de realizar a maior festa religiosa do interior de Minas (Festa de Santo Antônio de Serra das Araras), de ser sede da maior festa do Grande Sertão (Encontro dos Povos) e de ter na história personagens históricos como: Antônio Dó, Eloi Ferreira da Silva, entre outros.

Galeria:

Fonte: http://www.chapadagaucha.mg.gov.br/

http://mg.agenciasebrae.com.br/”>http://mg.agenciasebrae.com.br

http://www.1000dias.com/”>http://www.1000dias.com

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s