Imaginação

Você passou
Fiquei sozinha,
Fiquei a lhe imaginar

E o vi…
Estava vendado,
Escondido, preso.

Você passou na minha rua
É bobagem minha
Não existo para você.

Você não entende nada
Melhor assim
Você não pode entender:
Estragaria o meu imaginar.

Bárbara Janine Ramos

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s