Ruídos comunitários?

Ruídos comunitários?

 

Uma mulher com seu
sapato de salto alto
anda pelo corredor:
toc… toc… toc…
Uma porta bate fortemente
um celular toca
muitos celulares tocam
alô… alô… alô…
Elevador apitando
uma voz sensual e sempre
calma diz: elevador subindo
elevador descendo… Corpos
inertes sendo arrastados no andar
de cima. Pés descalços pisam
fortemente… Estremecem o teto
de quem reside abaixo. Barulho
de urina derramando no vaso
sanitário – A descarga – barulho
que denuncia. Chuveiros abertos:
Os humanos lavando suas desumanidades.
Gemidos na madrugada… Prazer aliviando
tensões.
Lá fora
buzinas de carros
pneus cantando
tumtum dançante
histeria de vozes e gargalhadas…
É o homem procurando companhia…
É o homem com receios de silenciar e
escutar seus próprios lamentos.

“Pare que eu quero descer.”

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s