Serenata

Serenata

Rua grande
Bar velho
Bar novo
Suco de lua
sereno da madrugada

Clara de lua
invade a rua
entre o luar e o luar
Árvores cerradeiras.

Prata no céu
Beijos de lua
Violão… Melodia dourada
Almas raízes
Aguardam a aurora.

Na paz poeirenta
Eu, criança
Durmo feito noite!

Alda Alves Barbosa!

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s