Por causa do amor

576031_282975471791867_60215405_n

Para onde Vão as Pessoas que Amamos?
Por quanto tempo elas nos farão falta?
E se essa falta for para sempre? Se por um instante, Deus esquecesse de que somos uma marionete  e nos presenteasse com mais um pouco da vida ao teu lado?
Perceberíamos que os momentos de história que realizamos juntos foram mais grandiosos do que pequenos,
e no meio dessa confusão, alguém partiu sem se despedir!
Talvez tenha sido melhor assim, uma separação como as que acontecem em um baile de carnaval.
Creio que será possível guardar uma leve tristeza e também uma bela lembrança; que não será proibido confessar que às vezes se sente saudades.
E que houve momentos perfeitos que passaram, mas não se perderam porque ficaram em nossas vidas.
O que importa que uma estrela já esteja morta se ela ainda brilha no fundo de nossa noite e de nosso confuso sonho?
Talvez não mereçamos imaginar que haverá outros verões; se eles
vierem, nós os receberemos obedientes como as cigarras e as paineiras — com flores e cantos.
Para que explicações?
Esqueçamos as pequenas coisas mortificantes; o silêncio torna tudo menos penoso; lembremos apenas as coisas douradas e digamos apenas a pequena palavra: adeus.
A pequena palavra que se alonga como um canto de cigarra perdido numa tarde de domingo.
O mais dilacerante é a dor física da falta de beijos e abraços; a dor de nos tornar insignificantes para o ser amado. Quando esta dor passa, começamos um outro ritual de despedida:a dor de abandonar o amor que sentíamos:
a dor de esvaziar o coração, de remover a saudade, de ficar livre,
sem sentimento especial por aquela pessoa. Dói também…
É uma dor mais amena, quase imperceptível. Talvez, por isso, costuma durar mais.
Despedir-se de um amor é despedir-se de si mesmo. É o arremate de uma história que terminou,externamente, sem nossa concordância,mas que precisa também sair de dentro da gente;
“porque metade de mim é partida, mas a outra metade é saudade.” Sempre!

Eliane Magalhães – Unaí – MG

Um pensamento sobre “Por causa do amor

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s