Meus sonhos são tão pequeninos

423907_232961170128612_1266634820_n
Meus sonhos são
tão pequeninos…
Quero apenas despir-me
ficar nua para o sol
e descalça pisar levemente
nesse torrão quente para
festejar a beleza do ocaso.
Quero, no chão da rua
ajoelhar-me diante da lua
e em meio a poeira traçar
letras, escrever poesias
sem rimas,
mas no ritmo dançante
como o requebro
da noite no sertão.

Alda Alves Barbosa

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s