Horas escuras

noite
Nas horas escuras a insônia é profunda como um novo universo harmonioso; e minha mente fica leve, clara, como se fosse um fio de água doce que vai abrindo passagem entre os espigões.E eu esqueço o ócio do dia e movimento-me entre as sombras e os ruídos desse novo mundo.

Deleito-me no jogo lúgubre nas sombras onde habitam fantasmas… e anjos?

Deleito-me cheia de nada, a noite é tudo.

Meu coração fala na mudez dos lábios, repetindo o gozo das frases néscias.

Ali, entre as sombras nada existe… Há sim, o pensamento tecendo sonhos!

Alda Alves Barbosa

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s