Pássaros do Brasil – bicudo (Oryzoborus maximiliani)

bicudo-03

O bicudo (Oryzoborus maximiliani) é um pássaro silvestre considerado nobre e recebe esse nome devido ao grande e largo bico. É um parente muito próximo do curió e, assim como ele, é excelente cantor. Atualmente existem dois tipos de bicudo: o Oryzoborus crassirostris, que pode ser encontrado no Amazonas, e o Oryzoborus crassirostris maximiliani, encontrado no Mato Grosso, em Goiás, em Minas Gerais, na Bahia, no Espírito Santo, no Rio de Janeiro e em São Paulo.

ASPECTOS FÍSICOS

p_bicudo_cassirostris

Embora seja uma ave com o porte um pouco maior que o curió, entre 15 e 16 cm, o bicudo possui a mesma cor preta, com uma mancha branca na asa. Seu peso pode chegar até 25 g e sua envergadura, aos 23 cm. Sua cauda é composta por 12 penas e cada asa, 17 penas.

Existe uma grande variação no bico dos bicudos machos: branco leite, rajado (branco e preto), bronzeado, cor de chifre, amarelado, fundo azul ou fundo chumbo, azulado ou chumbado e preto. À medida que o bicudo envelhece, a tendência é que o bico vá gradativamente escurecendo. Já o formato da cabeça sofre variações dependendo da subespécie e da região.

Seus movimentos são compassados e harmoniosos. Possui campo de visão e audição muito aguçados, por isso pode voar muito alto. A velocidade do voo é muito rápida, favorecida pela envergadura e pelo tamanho das asas e da cauda, além do pouco peso em relação à dimensão do corpo.

CHILREAR

bicudo-02

Quando canta, o bicudo costuma ficar com a cauda baixa e o peito para frente, em posição ereta, ângulo de 80°, para ressaltar sua elegância. Seu canto assemelha-se ao som de uma flauta, independentemente do estilo ou dialeto regional. Este pode ser mais flauteado (caracterizando-se por notas guturais e ressonantes), ou mais corrido (caracterizando-se por notas mais longas).

HABITAT

Thick-billed_Saltator_trinca-ferro-bicudo_passaro_silvestre_Fazenda_Visconde-20

O bicudo é um pássaro de comportamento nômade, que está sempre migrando e, se for acuado, reage de imediato mudando de território. Não aprecia frio e evita locais com temperaturas abaixo de 25°C.

Os bicudos são pássaros territorialistas, isto é, dominam um espaço de terra onde nidificam e não permitem a presença de outros exemplares de sua espécie. A agressividade também é demonstrada para com outros tipos de aves, desde que entendam que estão sendo incomodados ou que correm algum tipo de risco.

O seu território seria como um círculo em volta do seu ninho em torno de aproximadamente 100 m de diâmetro, onde seu canto pode ser escutado com nitidez. Dependendo das populações existentes na região, esse diâmetro de território poderá ser maior ou menor.

Embora não pareça, as fêmeas também são muito agressivas e podem travar lutas de morte com outras fêmeas para defender o seu território e o seu macho. Elas não aceitam a presença de outras fêmeas de forma alguma, e podem tornar-se mais agressivas e violentas que os machos.

ALIMENTAÇÃO

8c9b2b_b4516cad3d974209bd67b5557011f218

Na natureza, o bicudo se alimenta de sementes de tiririca e, principalmente, de sementes de capim-navalha, já que é uma ave granívora. Já em cativeiro, a ave se alimenta de alpiste, arroz, Níger, painços de diversos tipos, entre outros. Entretanto, caso queira fornecer à ave verduras, cuidado com os agrotóxicos presentes nela. Da mesma forma, o criador deve disponibilizar ao bicudo água potável e de qualidade.

REPRODUÇÃO

hqdefault

O bicudo procria pouco na natureza, estando praticamente extinto, mas, nos lugares onde ainda é possível encontrá-los, a beleza de seu bico reluzente ao sol o destaca de tudo à sua volta, daí o nome de “bicudo”. O bicudo macho atinge a maturidade sexual de 12 a 18 meses. Já a fêmea do bicudo alcança sua maturidade sexual dos 6 aos 12 meses.

O período de reprodução da espécie ocorre entre a Primavera e o Verão, quando a fêmea faz um ninho em formato de xícara, onde põe seus ovos após a cópula. A incubação dos ovos de bicudo ocorre em torno de 13 dias após a postura, quando nascem os filhotes. Estes, após 30 dias de vida, já estão prontos para sair do ninho.

Leia mais: http://www.cpt.com.br/cursos-animais-silvestres/artigos/conheca-o-bicudo-passaro-com-canto-flauteado-e-gutural#ixzz3RaoPwIuW

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s