Por quem? Por quê?

1898079_1051055661588646_3464812721657310110_n

E esta angústia que não me abandona. Angústia antiga que faz correr dos meus olhos rios de lágrimas. Lágrimas… Por quem? Por quê?

Esta angústia não tem nome, não tem por quem, não tem porquês! Ou tem? Sei lá… Pode ser o vazio das muitas partidas… pode ser o derretimento de certezas!

Angústias e cansaços. O cansaço está me levando à angustia ou a angústia está me levando ao cansaço? Que adianta saber, se tudo é dor… Dor do nada… vazios sem intervalos!

Alda Alves Barbosa

Sua opinião é importante para nós. Participe com um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s